Sindicalistas ocupam Câmara de Lauro de Freitas contra projeto que retira estabilidade econômica

0

Um grupo de servidores municipais, representando entidades sindicais ocuparam na manhã desta terça-feira (7) o plenário da Câmara Municipal de Vereadores de Lauro de Freitas. O grupo realizou o ato contra a tramitação e possível votação do projeto de emenda à Lei Orgânica do Município, que pretende alterar as regras para o acúmulo das funções gratificadas dos servidores de um modo geral.

Segundo a Asprolf, sindicato mobilizador do ato, o o objetivo da mudança é prejudicar os trabalhadores retirando deles direitos legalmente conquistados.

No texto oficial do Executivo enviado para a presidente da Câmara, a prefeitura destaca a intensão de retirar a estabilidade econômica dos trabalhadores e destaca que “possui competência legal para apresentar essa proposta.”

Em nota enviada à imprensa, o Sindicato dos Professores informou que a proposta está gerando uma enorme preocupação entre os movimentos sindicais atuantes que pedem explicação da Casa Legislativa, e solicitam a retirada do projeto da casa legislativa, a volta ao executivo para que haja diálogo com os servidores públicos, através duas representações.

DEIXE UMA RESPOSTA