Prefeitura de Mata de São João explica a suspensão do transporte universitário

0

A Prefeitura de Mata de São João enviou uma nota à redação do Radar Metropolitano, falando sobre a suspensão do transporte universitário, no município. Confira abaixo:

“A Prefeitura Municipal de Mata de São João suspendeu o transporte dos universitários. Apenas foi proposto um outro formato que viabilize sua continuidade. O número de Universitários a utilizar o transporte aumentou de forma exponencial, assim como o número de dias utilizados por cada um. Para se ter uma ideia, em 2013 tínhamos algo como 352 universitários utilizando o auxílio transporte fornecido pela nossa prefeitura por três dias por semana, em média. Em 2016, tivemos 550 estudantes utilizando cinco dias por semana, em média. Além disso, em 2016, entraram 90 novos estudantes no sistema de transporte universitário e saíram apenas 3 (!!!). Isso é  insustentável… 

Especialmente nesse cenário recessivo, em que as prefeituras estão amargando severas perdas de receita na arrecadação. Ademais, havia uma situação de clara desigualdade, injusta até, no trato com os alunos: os que utilizavam o transporte usufruíam de um benefício que custava aproximadamente o dobro do que custavam os que recebiam a ajuda de custo em dinheiro. Chamamos então alguns dos universitários que utilizam o transporte fornecido pela Prefeitura para que estudassem a situação e nos apresentassem propostas para equilibrar esse sistema.

Após análises exaustivas das diversas alternativas, eles propuseram, entre outras medidas, que a Prefeitura suspendesse novas inscrições no programa, até que o número de universitários caísse de 550 para 350 alunos; Esse número cairá naturalmente, à proporção em que os alunos forem concluindo seus cursos; 

Enquanto isso, todos os estudantes inscritos no programa até 2016 poderão se cadastrar para receber a bolsa auxílio em 2017 e nos anos seguintes; a Prefeitura deixará de contratar os ônibus para o transporte dos universitários, e esses serão contratados pelos próprios estudantes interessados, que arcarão com a diferença do valor entre o auxílio a ser pago pela Prefeitura a todos os estudantes e o valor contratado com a empresa.

Essas foram as principais  propostas para viabilizar a manutenção do auxilio pago pela Prefeitura e a manutenção dos ônibus. Resumindo, estamos pedindo que os estudantes que utilizam o ônibus façam mais esse sacrifício de arcar com essa diferença de custo, para que TODOS continuem recebendo o auxilio da Prefeitura”.

DEIXE UMA RESPOSTA